fbpx
negociação

Os sete elementos da negociação ágil pelo método de Harvard

Negociar é uma habilidade que qualquer empresário, gestor, colaborador, pessoa precisa ter para obter sucesso na vida. Nem sempre é fácil conseguir chegar a um patamar de evolução nesse sentido, pois há um conjunto de fatores que precisam ser considerados nesse caso. Por isso foi criado o método de Harvard, que traz de uma das maiores universidades do mundo sete elementos indispensáveis para uma ótima negociação.

Participe do quinto Curso de Negociações Ágeis, Inspirado no Método de Harvard

É importante salientar que a negociação é um dos pontos-chave de qualquer relação entre duas ou mais partes. É isso, o que de fato, concretiza uma ação que traga resultados para o empreendimento e nas demais relações do dia a dia. tem que ser bom ambas as partes, pois não se espera que os negócios sejam vantajosos apenas para um dos envolvidos. Podendo, inclusive, ser um dos entraves para a concretização de um negócio. Raramente iremos fechar uma transação se não obtivermos lucro com ela. Por isso o método de Harvard é tão interessante!

Nessa postagem, descubra por que o sistema de negociação proposto por Harvard é tão salutar e de que maneira ele é posto em prática pelas pessoas que desejam ter mais sucesso nos negócios e na sua vida. Vamos aos sete elementos.

Relacionamento

Toda a negociação é fruto de um relacionamento. É de extrema importância que as partes envolvidas no processo tenham o cuidado de estabelecer um bom vínculo para que o acordo flua naturalmente e que futuras negociações sejam viabilizadas. Construir essa relação de longo prazo é importante para o método de negociação de Harvard por aproximar as pessoas e melhorar a confiança entre elas.

Comunicação

A comunicação surge nesse momento como um importante elemento do método de negociação de Harvard. O que se chama a atenção nesse ponto é para a necessidade de um contato claro entre as partes. E para isso a escuta ativa é de fundamental importância. Pois se ela for deficitária o desenvolvimento do negócio tende a ser mais complicado. Afinal, se as partes pouco ou nada se conhecem, qualquer falha de comunicação pode ser suficiente para por fim à negociação.

Interesses

Via de regra a negociação começa por um pedido, que na metodologia de Harvard tem o nome de posição e é “o que eu quero”. Porém devemos focar no “para que você quer isso?”, “qual o seu interesse nessa entrega?”. Assim encontraremos os reais interesses que geralmente estão implícitos em um primeiro momento.

Opções

De acordo com o método de negociação de Harvard, as opções são de fundamental importância para uma boa negociação. Trata-se da capacidade de ambas as partes de cocriarem juntos outras opções que não existiam. Um bom negociador cria muitas opções.

Legitimidade

A ideia aqui é que os envolvidos no processo tenham critérios legítimos para o andamento do negócio. A legitimidade, segundo os critérios do método de negociação de Harvard, impõe que as pessoas sejam capazes de adotar parâmetros justos para a negociação.

Alternativas

Sempre que formos para uma negociação devemos ter em mente quais são as nossas alternativas caso o projeto não evolua. E mapear quais são as alternativas da outra parte. A alternativa é unilateral. Já a opção é cocriada.

Compromisso

São as obrigações que cada parte assume na negociação e que todos devem estar cientes de que deverão ser cumpridas. O compromisso, conforme o método de negociação de Harvard, é o fechamento do ciclo por meio do qual os negociadores formalizam o acordo que fizeram. Trata-se de um passo muito importante porque com ele as pessoas consagram todo o período de negociações. E quando ambas as partes estão cientes de suas responsabilidades e as cumprem, as relações serão de longo prazo.

A escola de Harvard nos ensina por meio do seu método de negociação que o mundo mudou e não há mais espaço para técnicas arcaicas nas negociações modernas. Portanto, a sobrevida nos negócios dependerá da capacidade de por em prática os sete elementos do método de negociação de Harvard.

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.