fbpx
inteligência emocional

11 dicas de inteligência emocional

Quando falamos em inteligência emocional, é mais comum associarmos esse termo a nossa vida pessoal, não é mesmo? Agora, o que você precisa saber é que essa soft skill está sendo cada vez mais demandada, também, nas empresas – especialmente naquelas que estão incomodadas com os resultados obtidos e querem impulsionar seus negócios. No texto de hoje, trazemos (Helena Brochado + LOLA) alguns insights sobre o tema.

Atrelar inteligência emocional com a construção de valor de uma marca é de extrema importância. E aqui, quando falamos de marca, é preciso pensar no seu propósito, valores, identidades e como ela quer ser vista.

Agora, preste atenção: para construir esse posicionamento e fortalecer a sua razão e jeito de ser, o processo passa por uma boa gestão da marca que, essencialmente, é construída pelas pessoas e processos que dela fazem parte.

Dito isso, resolvemos estruturar uma lista com 11 dicas de como usar a inteligência emocional para colocar em prática – de verdade – a essência da sua marca e fazê-la se destacar no mercado.

Dicas de inteligência emocional

  • Crie vínculos emocionais e adote cultura sustentável da sua marca com seus clientes.

  • Aperfeiçoe a análise de sentimentos na construção do conteúdo de marca, no gerenciamento de crises e até mesmo, nas relações interpessoais.

  • Grandes líderes, com inteligência emocional, representam e criam marcas de grande reputação.

  • Em tempos de inteligência artificial, o atendimento humanizado ganha destaque. O consumidor valoriza empresas que se colocam no lugar deles. A empatia está em alta! Uma marca com seu propósito claro e cultura forte dá autonomia aos colaboradores para que tenham soluções adequadas aos consumidores.

  • Fique atento aos novos hábitos de consumo. Eles são um dos caminhos para conectar-se aos consumidores.

  • Adote a cultura adaptativa e inclusiva diante dos novos cenários. Marcas não são lineares o tempo todo, o processo de gestão da marca é vivo e ter uma plataforma de marca bem definida e consistente faz toda a diferença.  

  • Tenha senso de urgência. Mas saiba negociar sua marca no mercado, conectar com outras marcas aspiracionais, fortalecer sua cultura. Paciência é uma qualidade estratégica do jogo.  

  • Crie o senso de identidade e de propósito, para além do ambiente interno. As marcas possuem diversos stakeholders e existem abordagens de comunicação para cada um deles.

  • Planeje o futuro dos negócios de forma autêntica. Conecte pessoas e negócios, através de experiências transformadoras. Identifique seu cliente ideal, potencialize a relação com ele por meio de ações repletas de significados.

  • Atenção! nostalgia impulsiona o Atenção! Nostalgia impulsiona o consumo e atrai marcas. Que tal incluir na Identidade Sonora ou na Identidade Olfativa da sua marca algo que conecte com bons momentos do seu público?

  • Inteligência emocional é a competência para todos – líderes e liderados. E a prática da gestão da marca é um processo que impacta toda a empresa.

Gostou das dicas? Compartilhe com marcas que precisam do trabalho da Com Propósito e da LOLA para fazer acontecer.

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.